Quando a mente se inclina, faz surgir o conteúdo das formas.
Faz o universo conhecido; espaço/tempo.
Faz surgir o passado, presente e futuro.
Faz surgir a insegurança, a insuficiência, a impermanência e o sofrimento.

E porque a mente se inclina?
Pelo surgimento do psicológico do “eu” e “não eu”.
Do observador e coisa observada.
Do conteúdo das formas existenciais.

Pode a mente deixar de se inclinar?
Pela meditação a mente pode deixar de se inclinar.
Em outras palavras, pelo silêncio cerebral e esvaziamento mental.
Em relação consigo mesmo, com a natureza e com seus semelhantes,
no instante perfeito, mágico do Agora, ver o falso como falso; o verdadeiro como verdadeiro
e o verdadeiro no falso.

Assim, no dia a dia de relação, toda vez que a mente se inclinar,
estejamos no Agora; o Agora não é o conteúdo das formas, apesar de todo conteúdo das formas
ocorrer no Agora.
O Agora é o habitat da Consciência do Ser, da Testemunha Silenciosa.
Em outras palavras: Silêncio, Vazio; Espaço; Felicidade.

Fechar Menu