Novo ebook – Krishnamurti na Educação

A ICK acaba de publicar o seu novo ebook “Krishnamurti na Educação“. Este livro é o resultado de conversas e discussões realizadas na Índia por J. Krishnamurti junto com estudantes e professores na Escola Rishi Valley, em Andhra Pradesh, e na Escola Rajghat, em Varanasi. Esses centros são administrados pela Fundação Krishnamurti na Índia, fundada com o intuito de criar um ambiente social onde os ensinamentos de Krishnamurti pudessem ser comunicados à criança. Krishnamurti considera a educação como sendo de importância primordial na comunicação daquilo que é o centro da transformação da mente humana e da criação de uma nova cultura. Tal transformação fundamental ocorre quando a criança, enquanto é treinada em várias habilidades e disciplinas, também adquire a capacidade de estar atenta ao processo de seu próprio pensamento, sentimento e ação. Esse estado de alerta a faz autocrítica e vigilante e, assim, estabelece uma unificação entre percepção, discriminação e ação, crucial para o amadurecimento interior de um relacionamento correto com o homem, a natureza e as ferramentas que o homem cria.

Há hoje em dia um questionamento sobre os postulados básicos da estrutura educacional e seus vários sistemas na Índia e no resto do mundo. Em todos os níveis há uma crescente percepção de que os modelos existentes falharam e que há uma total falta de conexão entre o ser humano e a complexa sociedade contemporânea. A crise ecológica e o crescente nível de pobreza, fome e violência estão forçando o homem a encarar a realidade da situação humana. Em um momento como este, é necessário haver uma abordagem completamente nova dos postulados da educação. Krishnamurti questiona as raízes de nossa cultura. Seu desafio não é apenas dirigido à estrutura da educação, mas à natureza e qualidade da mente e vida do homem. Diferente de todas as outras tentativas de salvar ou sugerir alternativas ao sistema educacional, a abordagem de Krishnamurti rompe fronteiras de determinadas culturas e estabelece uma série de valores completamente nova, a qual por sua vez pode criar uma nova civilização e uma nova sociedade.

Para Krishnamurti, uma nova mente só é possível quando o espírito religioso e a atitude científica formam uma parte do mesmo movimento de consciência – um estado no qual a atitude científica e o espírito religioso não são dois processos paralelos ou duas capacidades da mente. Eles não existem em compartimentos estanques, como dois movimentos separados que têm de se fundir, mas são um novo movimento inerente à inteligência e à mente criativa.

Pedidos aqui

Comentários encerrados.